Cine CPFL Campinas tem programação especial para o mês de março com entrada gratuita

img-voltar

Cine-CPFL-Cultura-Campinas

O Cine CPFL Cultura de Campinas apresenta sua programação para o mês de março com sessões gratuitas de filmes que acontecem todas as quintas e sextas-feiras, sempre às 19h. Ao longo do mês serão exibidos títulos como; Beduíno, Esteros, Tangerinas, Divinas Divas e sessão de curtas.




 

Serviço:
Cine CPFL  Campinas
Local: Sala Umuarama do Instituto CPFL
Endereço: Rua Jorge Figueiredo Corrêa, 1632, Chácara Primavera
Entrada: Gratuita
Outras informações – (19) 3756-8000

 

Confira a programação completa

 

21 de março (terça) | 19:00h
filme-beduinoBeduíno, 75 min, 12 anos
Com Alessandra Negrini e Fernando Eiras
Um casal procura pela coisa mais difícil, através de repetidas e variadas representações, em um cenário de luz onde se misturam esperança e desespero. Selecionado pelos festivais de Locarno e Roterdã.


23 de março (quinta) | 19:00h
filme-EsterosEsteros, 83 min, 16 anos
Matías e Jerónimo são dois grandes amigos que cresceram juntos em Paso de Los Libres, uma região simples e folclórica na Argentina, onde, na adolescência, viveram uma inesperada atração sexual.




24 de março (sexta) | 19:00h
Sessão de curtas-metragens

Os sapatos de Aristeu, 17 min, 16 anos
Ossinhos de frango, 9 min, 14 anos
Olho e o zarolho, 17 min, 14 anos
Assunto de família, 12 min,16 anos


28 de março (sexta) | 19:00h
filme-TangerinaTangerina, 88 min, 16 anos
Assim que sai da prisão, a prostituta transexual Sin-Dee descobre através de sua melhor amiga que o namorado Chester está saindo com outra pessoa, uma mulher cisgênero. Vencedor do prêmio de melhor filme no Festival de Cork; prêmio Stanley Kubrick no Festival Traverse City; Prêmio Félix no Festival do Rio.


30 de março (quinta) | 19:00h
filme-Divinas-DivasDivinas Divas, 110 min, 14 anos
Documentário sobre ícones da primeira geração de artistas travestis do brasil: Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Eloína dos Leopardos, Fujika de Halliday, Marquesa e Brigitte de Búzios. Vencedor do prêmio do público e do Prêmio Félix no Festival do Rio; melhor direção e prêmio do público no Festival Aruanda.




31 de março (sexta) | 19:00h
Exibição de um longa e um curta seguida de conversa com a diretora, Cláudia Priscilla, e a cartunista Laerte Coutinho

Olhe para mim de novo, 79 min, 12 anos
O transexual Sillvyo Luccio sai em busca de uma solução para o desejo de que ele e sua esposa possam ter um filho legítimo dos dois. Vencedor do prêmio especial do júri para a competição de documentários no Festival do Rio.

Vestido de Laerte, 13 min, 12 anos
Laerte percorre um longo caminho pela cidade de São Paulo em busca de um certificado. Vencedor do prêmio de melhor curta de ficção e de melhor direção de arte no Festival de Brasília; prêmio aquisição porta curtas no Goiânia Mostra Curtas.

“+ Eventos na Região”