Mesmo com longo período de estiagem Campinas tem abastecimento de água garantido

Rio Atibaia responsável por boa parte do fornecimento ainda não oferece risco
Rio Atibaia responsável por boa parte do fornecimento de água para Campinas ainda não oferece risco

Passando mais uma vez por um longo período de estiagem, a cidade de Campinas ainda não corre risco de ter problemas com o abastecimento de água, segundo informou a Sanasa (empresa responsável pelo abastecimento), dizendo que o Rio Atibaia que é responsável pelo fornecimento de água a 95% da população no município está com vazão dentro do previsto.



Situação na região
O número é bem diferente do que acontece em outros afluentes. No Rio Capivari, por exemplo, a vazão está 75% abaixo da média. A condição não é muito diferentes nos rios Corumbá e Piracicaba, com índice 72% e 72% abaixo da média respectivamente.

E as cidades que dependem desses rios para o abastecimento de água já estão começam a se preocupar. Em Vinhedo, por exemplo, não chove significativamente há 38 dias e o volume na captação já foi reduzido em 10%. Na represa do bairro Cachoeira, que é um dos três pontos de captação de água no município e faz parte do sistema responsável pelo abastecimento de pelo menos 60% da população, o nível está um 1,30m abaixo do normal, que é de 4,6m.

As bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, que fazem parte do consórcio PCJ e abastecem várias cidades da região, também estão com o volume abaixo da média.

Veja também:
Previsão do tempo para Campinas e região
Ver mais noticias de Campinas e região