Os perigos do uso dos famosos enxaguantes bucais

enxaguante_bucalNo Reino Unido, um alerta foi emitido sobre os perigos do uso dos famosos enxaguantes bucais usados por milhões de pessoas diariamente. O risco foi apontado após pesquisas e intensas investigações sobre o uso do produto em toda a Europa serem concluídas.

O pesquisador Dr. David Conway, da Universidade de Glasgow, disse: “Nós descobrimos que o uso de anti-séptico bucal de forma excessiva – três ou mais vezes por dia – aumenta o risco de ter câncer”.

Ele prossegue: “É comum que fumantes e alcoólatras usem esses produtos regularmente para esconder o cheiro produzido pelo consumo dessas drogas e eles não devem usar esses produtos em excesso. Existem ocasiões específicas para um dentista prescrever a um paciente o uso desses enxaguatórios”.

Segundo a pesquisa, nenhum risco foi encontrado se as pessoas usam o produto apenas duas vezes ao dia. Tabagismo e alcoolismo são também fatores de risco para o câncer de boca. Todos os anos, mais de 5.000 casos são diagnosticados só no Reino Unido, ocasionando 1.600 mortes.

Fumantes têm que manter a atenção redobrada porque o álcool facilita a penetração da nicotina na mucosa da boca. Ele também estimula a produção de acetaldeído, substância cancerígena que pode se acumular nas estruturas bucais.