Gravidez: saiba como amenizar os desconfortos no verão como o inchaço, com medidas simples

gravidez-noticias-como-evitar-inchaco-saude-bebeO inchaço durante a gravidez, principalmente nas pernas é um sintoma muito comum. O desconforto começa com uma sensação de peso e cansaço nas pernas. Depois, até o mais confortável par de sapatos começa a apertar e no verão, a situação fica mais delicada ainda.

A gestação promove inúmeras mudanças para que o organismo da mãe suporte o desenvolvimento do bebê, dentre elas o aumento dos hormônios e do volume de sangue que circula do corpo. Além disso, o crescimento do útero comprime os vasos na região pélvica, dificultando o retorno do sangue dos membros inferiores para o coração. A pressão venosa nas pernas aumenta e, consequentemente, surge o edema. O desconforto ainda é maior nos dias mais quentes, pois o calor dilata os vasos sanguíneos, intensificando o problema.

Algumas medidas simples, dentre as quais aumentar o consumo de água e colocar as pernas para cima, ajudam a diminuir a retenção de líquido.

Beber bastante líquido e evitar ficar muito tempo em pé, principalmente de salto muito alto, ajudam a diminuir o inchaço. A meia elástica é eficaz para combater o inchaço, mas não é uma peça fácil de usar no verão.

Apesar de causar um leve calor no local, especialistas ressaltam a importância de usar as meias elásticas desde o início da gravidez, pelo menos durante um período do dia.

gravidez-exercicios-noticiasVeja outras estratégias que atenuam a retenção de líquidos:

   Evite ficar muito tempo em pé ou sentada. Se você trabalha sentada, levante a cada 1 hora (pelo menos) para ir ao banheiro, buscar água ou mesmo dar uma volta.

Pouco sal. Avalie os rótulos dos produtos industrializados e evite usar temperos prontos e tomar refrigerantes diet, que têm alto teor de sódio.

  Procure tomar pelo menos 2 litros de líquidos por dia. Inclua na lista água de coco e frutas, como melancia e melão, que são diuréticas e reduzem a retenção de líquidos.

 Se possível, faça drenagem linfática duas ou três vezes por semana.

 Na hora de dormir, eleve as pernas colocando um travesseiro sob os pés.

 Pratique exercícios físicos regularmente – sempre com avaliação do obstetra.