Câncer de próstata – Saiba mais sobre a doença que é a causa mais comum de morte por câncer entre os homens

 

Uma pesquisa realizada pela “Prostate Cancer”, instituição inglesa dedicada à pesquisa do câncer de próstata, revelou que um em cada cinco britânicos não sabem nem que têm esta glândula. Os dados são alarmantes, levando em conta que o câncer de próstata é a causa mais comum de morte por câncer entre os homens.

A sociedade Americana Contra o Câncer estima que, apenas em 2016 nos Estados Unidos, foram diagnosticados cerca de 181 mil casos novos de câncer de próstata e com mais de 26 mil mortes ligadas a doença.

No Brasil, os dados mais recentes apontam que são registrados mais de 61 mil novos casos da doença por ano, com mais 13,7 mil mortes. Muitos  homens relutam em consultar o médico urologista pelo receio de que tenham que se submeter ao toque retal. Na verdade, as razões que levam as pessoas a ter receio de se submeter ao exame vão desde questões simplesmente culturais até o medo de descobrir mesmo uma doença e ter que se tratar. Todavia, quando recebem explicações mais detalhadas sobre o toque retal, todas as pessoas que consultam o urologista vencem facilmente qualquer constrangimento e não se incomodam mais em serem examinadas.

cancer-prostata-2

O que é a próstata?
A próstata é uma glândula que se encontra debaixo da bexiga e em frente ao reto. Seu tamanho muda com a idade. Em homens mais jovens, é do tamanho aproximado de uma noz. Mas pode ser muito maior em idosos.

Logo atrás da próstata encontram-se as glândulas chamadas vesículas seminais, que produzem a maior parte do líquido do sêmen. A uretra, que transporta a urina e o sêmen para fora do corpo pelo pênis, passa pelo centro da próstata.

A função principal da próstata é fabricar o líquido prostático, protegendo os espermatozoides, aumentando as possibilidades reprodutivas e maximizando as possibilidades de fecundação.

Câncer de próstata
A falta de conhecimento sobre esta glândula, principalmente por parte dos homens, preocupa especialistas. “Os homens não sabem quase nada a respeito da próstata e isso é algo muito preocupante porque, atualmente, é o câncer que mais afeta os homens“, disse Angela Culhane, diretora do Prostate Cancer UK. Cerca de um em cada sete homens será diagnosticado com câncer de próstata ao longo da vida, segunda a Sociedade Americana do Câncer. O câncer de próstata ocorre principalmente entre homens de idade avançada.



O que causa o câncer de próstata?
Não se sabe ainda exatamente a causa do câncer de próstata, mas pesquisas sugerem uma combinação de fatores hormonais, genéticos, alguns hábitos alimentares e condições ambientais como fatores de risco para desenvolver a doença.

Quais são os sintomas da doença?
A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causa sintomas no início, mas tumores em estágio mais avançado podem causar dificuldades para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga, presença de sangue na urina e, em alguns casos, dor óssea na região das costas.

Como é feito o diagnóstico?
Através do toque retal e da dosagem do PSA no sangue pode-se avaliar a próstata. Dependendo das alterações encontradas, deve ser realizada uma biópsia para averiguar a presença do câncer de próstata.

O câncer de próstata tem cura?
Sim, quanto antes iniciar o tratamento, melhor os resultados.

Como é feito o tratamento?
Dependendo da fase em que é diagnosticado o câncer de próstata, o médico poderá indicar radioterapia, cirurgia ou tratamento hormonal, mas a escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada para cada pessoa. Normalmente os exames realizados para se detectar, precocemente ou não, esse tipo de câncer, são:  Toque retal, Exame de ultra-sonografia transretal, Exame de PSA (antígeno prostático-específico).
Como prevenir o câncer de próstata?

> Manter uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com      menos gordura;
> Consumir tomate;
> Fazer pelo menos 30 minutos diários de atividade física;
>  Manter o peso adequado à altura;
> Diminuir o consumo de álcool;
> Não fumar;
> Homens a partir dos 40 anos devem realizar exames de rotina;
> Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.

 

Cerca de seis em dez casos são diagnosticados em pessoas de 65 anos ou mais, e é raro aparecer antes dos 40. A idade média do diagnóstico é 66 anos. Um homem de cerca de 30 anos sem nenhum fator de risco não deve se preocupar muito, mas os homens com mais risco devem conversar com seus médicos.

Os homens negros têm o dobro de probabilidade de desenvolver câncer de próstata do que a população geral. No caso de ter mais de 50 anos, é indicado uma consulta com um especialista que pode ser um urologista.