Toyota apresenta oficialmente o novo carro crossover C-HR 2017

novo-Toyota-C-HR-1
Novo C-HR chegará para disputar ercado com o Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks

A Toyota divulgou nesta semana as primeiras imagens do novo  C-HR que chega ao mercado nacional para disputar vendas com o Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks. O carro já havia sido apresentado no Salão de Genebra 2016.

O C-HR é o carro mais arrojado da marca, com faróis alongados, frente ao mesmo tempo arrojada e robusta, para-choque amplo e com grande tomada de ar (que é visualmente esportivo e, ao mesmo tempo, funcional) e caimento de teto acupezado, com portas traseiras camufladas na carroceria.




O modelo que será produzido na Turquia terá opções de motor 1.2 turbo de 116 cavalos, além do 1.8 híbrido, que chega a 122 cavalos de potência com duas opções de transmissão: manual de 6 marchas ou automatizada do tipo CVT. O C-HR, será o primeiro crossover compacto do mercado a oferecer esse tipo de motorização

Apesar de parecer mais compacto, o C-HR é levemente maior que o HR-V. São 4,36 metros de comprimento, 1,79 m de largura, 1,55 de altura e 2,64 m de distância entre-eixos.

novo-Toyota-C-HR-2
A moldura azul é um detalhe que caracteriza os modelos híbridos da marca

Haverá ainda, a opção de carroceria em duas cores, com o teto contrastante, mas para aqueles que não gostam muito da composição de cores, a Toyota informa que a combinação será opcional. Essa solução bicromática se estende ao interior onde é possível ver a aplicação de couro nos bancos e portas, bem como elementos em black piano e detalhes cromado. A moldura azul que percorre portas e o painel do carro é um detalhe que caracteriza os modelos híbridos da marca.

Ainda no interior do veículo é possível perceber uma revolução no design mais clássico da Toyota. A tela multimídia de 8 polegadas fica destacada no alto do console central e faz parte de uma linha que vai de porta a porta.

A empresa não confirmou oficialmente a vinda do modelo ao Brasil, mas deixou em aberto a possibilidade de que o carro apareça no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro.